sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Manolo Blahnik

Shoes, shoes, shoes, shoes

http://www.manoloblahnik.com/

Nascido em 1943 nas Ilhas Canárias, de mãe espanhola e pai tcheco, Manolo Blahnik foi criado em uma plantação de bananas. Estudou literatura e arquitetura na Universidade de Genebra na Suíca, mas abandonou os estudos em 1968 quando se mudou para Paris. Dois anos depois, foi para Londres onde trabalhou como fotógrafo para o jornal local Sunday Times e imediatamente mergulhou no mundo da moda. Durante visita à Nova York em 1971, conheceu a editora chefe da revista Vogue americana, Diana Vreeland. Ela sugeriu que Manolo se concentrasse na criação de sapatos tão interessantes quanto os que ele vestia no encontro. Manolo, então, a obedeceu.
 A estrela da música pop, Madonna, declarou que os sapatos de Manolo são “melhores que sexo” mas com a diferença de que “duram mais”. Não podemos deixar de citar a adoração que a atriz Sarah Jessica Parker faz questão de explicitar no seriado Sex and the City.
Os cobiçados produtos MANOLO BLAHNIK são encontrados nas melhores lojas de departamento do mundo, como Neiman Marcus, Bergdorf Goodman, Barneys New York, Saks Fifth Avenue e Bloomingdale’s, além de sofisticadas lojas especializadas e em 15 lojas próprias da marca espalhadas por países como Estados Unidos (Nova York e Las Vegas), Inglaterra (Londres), Hong Kong, Coréia do Sul (Seul), Irlanda (Dublin), Cingapura, Rússia (Moscou), Espanha (Madri), Turquia (Istambul), Kuwait e Dubai. Anualmente a marca vende cerca de 100 mil pares de sapatos no mundo todo.
-A cada coleção são lançados 250 modelos, produzidos em quatro pequenas fábricas nas cidades de Milão na Itália. Por tudo isso, cada par de Manolo é único, exuberante, luxuoso e extremamente desejado
O preço de suas pequenas peças de arte varia entre €500 e €2.500. Carinhosamente, ele chama suas criações de “meus sapatos estúpidos”, e tem, entre eles, os seus preferidos: o mais elegante é um modelo de cetim, para noivas; o mais estranho é inspirado em uma tradicional bota Timberland, mas com salto de 8 centímetros; e o mais subversivo, jamais foi fabricado - em aço, alumínio e titânio, poderia machucar a mão de alguém no processo de produção. A cada coleção são lançados 250 modelos, produzidos em quatro pequenas fábricas nas cidades de Milão na Itália. Por tudo isso, cada par de Manolo é único, exuberante, luxuoso e extremamente desejado
Manolo,  acaba de lançar sua biografia, Manolo Blahnik and the Tale of the Elves and the Shoemaker.
















O que disse Manolo sobre sapatos plataforma:
“esses sapatos horrorosos que andam usando por aí”.
concordo!!!!!!!
“Fico feliz que essa fase de sapatos horrosos e plataformas esteja no fim. Ou chegando lá”, diz o designer.



Um ícone que tem, literalmente, todas as mulheres aos seus pés. Afinal, Manolo Blahnik não tem apenas uma clientela fiel, ele tem seguidoras.



 Spring-Summer Fashion 2012 Shoe Collection:

























Nenhum comentário:

Postar um comentário